Gustavo Aragão Cardoso, 32 anos, nascido no dia 22 de agosto de 1983. É filho de Vera Maria Aragão Cardoso e Helvécio Cardoso Filho. É professor, escritor, ator, poeta, jornalista, revisor e editor de livros. Cursou Letras Português Licenciatura pela Universidade Federal de Sergipe, é pós-graduado em Língua Portuguesa, pela Faculdade Pio Décimo. Graduando em Direito pela mesma Faculdade. É membro do Movimento de Apoio Cultural da Academia Sergipana de Letras, ocupante da cadeira no 4, cujo patrono é Felte Bezerra. Presidente Fundador da Academia de Letras de Aracaju (ALA). Tem vasta experiência como revisor de livros didáticos e não didáticos (literários), prestou serviços para várias editoras nacionais, como CPB, IBEP, Editora do Brasil, Ática, Escala Educacional, DCL. Ministra cursos, palestras e oficinas para estudantes e professores em universidades e escolas em geral. Atualmente ocupa o cargo de Coordenador de Linguagens e Códigos dos Ensinos Fundamental II e Médio de colêgio da rede particular de ensino e leciona também em escolas particulares, em Aracaju-SE, a disciplina de Redação. Considerado o mais jovem escritor brasileiro da atualidade a ingressar e a tomar posse numa Academia de Belas Letras no país, Gustavo Aragão tem vasta experiência na área de Educação, com ênfase em Língua Portuguesa e Teatro, atuando principalmente com os seguintes temas: texto - imagem - iconicidade - semiótica - literatura infantil - leitura - poesia e produção - infantil e teatral. Dentre as obras publicadas, destacam-se: Os Encantos de uma Floresta; O Mundo Mágico; Alêm do Arco-íris; Minha Amiga Lua; A Efemeridade das Rosas do Tempo (Poesia); Cristalino; Azul, Doce Azul! (Teatro), A Lenda do Girassol – Coaraci e o Girassol Encantados. Assina a coluna semanal Culturart no jornal Correio de Sergipe.